Dentistas 24 horas

quais os riscos do piercing para saúde bucal?


O piercing bucal tem se tornado motivo de preocupação aos especialistas em odontologia. Os possíveis danos causados pela jóia são normalmente ignorados, assim como os cuidados essenciais para amenizar os riscos.

Quais os riscos do piercing bucal?

Endocardite Bacteriana – O piercing oral facilita o acesso de bactérias aos vasos sanguíneos, podendo chegar até o coração, causando a endocardite – inflamação das válvulas e tecidos cardíacos.

Infecção – A boca é abrigo de milhares de bactérias, o piercing bucal pode facilitar uma infecção no local.

Sangramento prolongado – A língua é repleta de vasos sanguíneos, caso um deles seja perfurado pode ocasionar em uma perda excessiva de sangue.

Ferimento na gengiva – A peça em contato com a gengiva pode danificar o tecido ou, em casos mais graves, causar retração gengival.

Dor e inchaço – Em algumas situações o inchaço pode ser demasiado e dificultar a respiração.

Dentes danificados – O pressão do piercing contra os dentes anteriores e superiores pode causar falhas na arcada que só poderão ser corrigidas com uso prolongado de aparelhos ortodôntico, além de desgastá-los.

Interferência com a função normal da boca – O piercing aumenta a produção de saliva o que pode prejudicar a pronúncia correta de palavras e a mastigação de alimentos.

Para diminuir a chance de danos causados pelo piercing evite brincar e encostar na jóia. A limpeza do piercing deve ser rígida, é necessária a remoção da jóia para limpeza do local. Em caso de dor ou inflamação é importante consultar um dentista.

Compartilhar

(31) 3657-0600  /  3586-0900