Dentistas 24 horas

entenda o ronco


Se formos pesquisar o significado da palavra “ronco” no dicionário da língua portuguesa, acharemos várias definições: – Som cavernoso e áspero; grunhir de porcos; som grave e uniforme; respiração difícil e agonizante, etc. A definição exata, na prática, para quem vive com alguém que ronca, é: aterrorizante, ensurdecedor, insuportável. E por que então ocorre o ronco? Bem, inicialmente precisamos conhecer e saber que a respiração humana é mista: nasal e oral. O ronco pode ocorrer na área nasofaríngeana, na área orofaríngeana, isoladamente, ou nas duas vias, oro e nasofaríngeana. 

O dentista do sono atua especificamente na região orofaríngeana (ver indicação na figura), quem atua nos distúrbios nasofaríngeanos é o médico otorrinolaringologista. O ronco, ressonar ou roncopatia primária, é um distúrbio respiratório que ocorre em virtude de estreitamento ou bloqueio parcial das vias aéreas, ou em virtude de flacidez das musculaturas envolvidas no processo respiratório.

Imagine-se com um balão de aniversário em sua mão, encha-o de ar, agora pegue a boca do balão, estique-a deixando o ar contido sair, o que ocorrerá? Um barulho muito parecido com um assovio. Isso ocorre de forma semelhante nas vias aéreas, porém com barulho mais grave e severo devido à pressão respiratória ser bem maior que a pressão em um simples balão. Em outro exemplo, imagine-se com o mesmo balão de aniversário, cheio de ar em sua mão. Agora segure o balão apenas pelo corpo cheio de ar. Deixe a boca do balão livre, deixando o ar escapar. O que ocorrerá? A pressão do ar ao sair do balão irá vibrar a boca, fazendo a boca do balão se debater e consequentemente produzindo barulho. É exatamente isso que ocorre nas vias aéreas humanas. Desvios, estreitamentos, flacidez… irão causar sons, provocando o barulho conhecido como ronco. Para se ter uma ideia da intensidade do barulho do ronco vamos fazer uma analogia:

– Uma turbina de avião funcionando gera 140 decibéis de barulho; um ronco moderado gera entre 50 e 60 decibéis. Imagine o que é viver ao lado de algo assim! Como tratar esse distúrbio? Existem 2 maneiras clínicas:

– Após o exame clínico e de imagem, sendo diagnosticada a roncopatia na área orofaríngeana, é indicado o uso de um Dispositivo Intraoral de Protrusão Mandibular. Esse dispositivo irá ampliar o espaço aéreo orofaríngeano, e ao mesmo tempo tonificar a musculatura, evitando sua vibração.

Outra indicação clínica é a utilização do CPAP

Compartilhar

(31) 3657-0600  /  3586-0900